Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A CASCA

Apoio à gestão de PME's (Contabilidade, Fiscalidade, Gestão de RH, Gestão de stocks, Projetos de Investimentos, Formação e Investigação) Escritório Virtual

Saiba como obter isenção de IMI

Isenção de IMI para quem tem baixos rendimentos

Todos aqueles que apresentam rendimentos baixos já conseguiram pedir isenção de IMI. As situações mais comuns de pedidos de isenção de IMI poderão estar na origem do baixo rendimento disponível associado a outros factores. Muitos são os proprietários que recebem casas através de herança e depois têm dificuldade em suportar os IMI´s. Acontece também alguns imóveis que são reconstruídos pedirem novas avaliações e sofrerem o conseguente aumento do IMI. Existe uma grande preocupação por parte dos proprietários, principalmente nesta época em que se vive uma crise que assolou o país e veio retirar rendimentos aos portugueses. Para todos estes casos de baixos rendimentos, foram criadas isenções de IMI.

Isenção de IMI para desempregados

Não existe uma isenção específica para desempregados, mas exitem dois tipos de isenção de IMI: Isenção temporária e a isenção permanente. 1. Isenção temporária Se já comprou ou está a pensar em comprar casa, saiba que pode beneficiar, nos primeiros três anos, de isenção de IMI. No entanto, este benefício fiscal só é atribuído às casas que não excedam os 125 mil euros e quando o rendimento colectável dos proprietários não ultrapasse os 153 mil euros anuais. 2. Isenção permanente Existem determinados contribuintes que não são obrigados a pagar IMI. Esta situação pode aplicar-se aos desempregados mas, no entanto, é preciso que reunam as seguintes condições: ter um rendimento anual inferior a 2,2 vezes o salário mínimo nacional ou quando o valor patrimonial do conjunto de imóveis não ultrapasse os 66.500 euros. Desta forma, não existe uma isenção específica para desempregados, mas uma vez que os rendimentos poderão ser baixos ou mesmo nulos, existe sempre uma forma de solicitar um pedido de isenção.

Mais sobre mim

foto do autor

IRS 2021

Links

ACASCA Enterprise

ACASCA Academia

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D